Ladrões roubam 2000 garrafas de Borgonha

Philippe e Graziella Chavy, vitivinicultores em Puligny-Montrachet (Côte-d´Or) estão fazendo um apelo nas redes sociais para encontrar 2.000 garrafas que foram roubadas do seu depósito no último fim de semana. Os vinhos são da safra de 2018 nas denominações Borgonha Chardonnay, Meursault, Meursault Narvaux, Meursault Charmes, Puligny Folatières e Puligny Pucelles rotuladas “Domaine de Chavy” explica Philippe no Facebook. Essas garrafas representam 80.000 euros em mercadorias e 2 anos de trabalho.

philippe chavy
Philippe Chavy produtor. foto Facebook

“Os ladrões, sem dúvida, agiram sob encomenda”, explica Graziella Chavy, que diz: “Eles arrombaram a porta do depósito e separaram todas as caixas. Deixaram os Borgonhas Aligotés, mais baratos, e pegaram os melhores e de maior valor. Eles devem estar bem informados e equipados, porque você não carrega 2.000 garrafas assim, afirma Graziela”. Philippe recorreu ao Facebook pedindo ajuda aos internautas para pistas que possam levar aos ladrões e fazer avançar a investigação policial.

garrafas roubadas
Duas das denominações roubadas.

Os vinhos tem mais valor se você sabe a origem e quem fez, portanto se você vir pela internet uma oferta de vinhos de Philippe Chavy 2018 fique atento. Santé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: