Champagne faz “hat trick” com safra 2020 e pede música

Apesar das vendas em baixa de todos os tipos de espumante no mundo inteiro os produtores de Champagne, enfim, tem algo a comemorar. A safra 2020 vai se juntar às excelentes safras de 2018 e 2019. A colheita foi precoce devido ao clima mais quente, mas as condições sanitárias estiveram perfeitas.

O Champagne, a bebida das grandes ocasiões sofreu muito com a falta de evento e com o fechamento dos bons restaurantes e casas de espetáculo. Foto CIVC

Segundo Thibaut Le Mailloux, do Comitê Champagne, o mosto das uvas é de um belo frescor, tem grande expressão aromática, é equilibrado, frutado e possui um teor de álcool entre 10% e 10,5%. Trabalharam na colheita 120 mil trabalhadores temporários respeitando todo um protocolo para proteger as pessoas do vírus chinês.

Com esta trilogia 2018, 2019 e 2020 não vão faltar ótimos champagnes para comemorar o fim da pandemia. Santé.

Benjamin Fourmon do Champagne Joseph Perrier no vinhedo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: