Paris é o palco da feira francesa de vinhos. (foto divulgação)

O primeiro ministro Jean Castex apresentou ontem um calendário em que diversas restrições em curso devido a Covid terminarão em fevereiro. A partir do dia 2 de fevereiro o limite de público em eventos: estádio, salões, sala de espetáculos acaba. O uso de máscaras na rua também termina, o que a justiça em diversas regiões como Paris já havia determinado. O home office também está suspenso. Já no dia 16, o último dia do salão, várias outras medidas vão cair como a interdição de beber em pé nos bares. Oba!

Este anúncio dá um novo élan ao primeiro salão de vinhos a ser realizado este ano. A dobradinha Wine Paris – Vinexpo Paris marca um golaço ao manter firme seu evento enquanto o principal concorrente, a feira alemã Prowein, é adiada de março para maio. Outra boa notícia é o fim das restrições na Inglaterra, importante mercado consumidor de vinhos, onde os franceses lideram. Estes anúncios se sucedem após a decisão na mesma linha da Espanha, importante país produtor. As boas notícias devem continuar a chegar e fortalecer o salão francês.

Uma vantagem importante é que os preços dos hotéis não mudam em Paris por causa do evento. Em Dusseldorf os preços triplicam com a feira, já em Paris, devido a sua grande capacidade hoteleira, os preços seguem como de baixa temporada. Santé.

Serviço

Wine Paris – Vinexpo Paris

Paris Expo – Porte de Vesailles

De 14 a 16 de fevereiro das 9 às 19 horas